João Tornada

Integra a VdA desde 2019. É Associado da área de Público onde tem trabalhado activamente em diversas operações, nomeadamente em procedimentos de contratação pública, de resolução judicial e extrajudicial de litígios e em matérias de regulação de vários sectores públicos prestando assessoria a alguns dos clientes líderes no sector.

Prémio Professor Antunes Varela pela Faculdade de Direito da Universidade Católica Portuguesa (Escola de Lisboa) (2015).

Prémio Professor Manuel Gomes da Silva pela Faculdade de Direito da Universidade Católica Portuguesa (Escola de Lisboa) (2011).

Licenciatura em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade Católica Portuguesa (Escola de Lisboa).

Mestrado em Direito (orientado para a investigação) pela Faculdade de Direito da Universidade Católica Portuguesa (Escola de Lisboa).

Seminário Avançado de Arbitragem Internacional - CCI.

Antes de integrar a firma trabalhou como Associado no escritório CCA Law Firm (Ontier) (2019) e no escritório PLMJ como Estagiário e Associado (2016-2018).

Autor de vários artigos em revistas da especialidade publicadas, entre os quais:

  • “A não publicação das decisões do Tribunal Arbitral do Desporto português: Será a LTAD (ainda) inconstitucional?”, in O Direito, ano 151.º, III, Almedina, Lisboa, 2019.
  • “The separability of arbitration agreements in public tenders: Do birds of a (different) feather flock (and fall) together?”, (co-autoria com José Miguel Júdice), in Estudos em Homenagem a Rui Pena, Almedina, Lisboa, 2019.
  • “Liberdade de expressão ou «liberdade de ofender»? o conflito entre a liberdade de expressão e de informação e o direito à honra e ao bom nome”, in O Direito, year 150.º, I, Almedina, Lisboa, 2018.
  • “The separability of arbitration agreements in public tenders: Do birds of a (different) feather flock (and fall) together?”, (co-autoria com José Miguel Júdice), in PLMJ Arbitration Law Review, no. 2, Lisboa, 2018.
  • “A Intervenção de Terceiros na Arbitragem: Alguns Problemas”, (co-autoria com António Pedro Pinto Monteiro), PLMJ Arbitration Law Review, no. 1, Lisboa, 2017.
  • "Considerações sobre o julgamento por tribunal do júri de crimes imputados a titulares de cargos políticos, o princípio do pedido, o interesse em agir e a fiscalização concreta de leis de revisão constitucional - Acórdão n.º 460/2011 do Tribunal Constitucional, de 11 de outubro de 2011", in O Direito, ano 148.º, III, Almedina, Lisboa, 2016.

Inscrito na Ordem dos Advogados Portugueses.

Inglês, Espanhol

Atenção, o seu browser está desactualizado.
Para ter uma boa experiência de navegação recomendamos que utilize uma versão actualizada do Chrome, Firefox, Safari, Opera ou Internet Explorer.