Inês Almeida Costa

Integra a VdA desde setembro de 2019. É Associada da área de Contra-Ordenacional & Penal.

Licenciatura em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade Coimbra.

Mestrado em Ciências Jurídico-Criminais pela Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra.

Pós-gradução em processo das contraordenações económicas ("III Curso de Outono - O Processo das Contraordenações Económicas"), Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa.

Antes de integrar a firma era associada no escritório PLMJ Advogados SP RL, onde esteve envolvida em alguns dos processos-crime de maior dimensão e complexidade investigados e julgados nos últimos anos em Portugal.

Autora e/ou co-autora de várias obras e artigos em revistas da especialidade publicadas, entre as quais:

  • "Children and Young People, the Internet and Cibercrime – The example of Copyright", in Youth, Offense and Well-Being – Can Science Enlighten Policy?, Universidade Católica Portuguesa, Lisboa, 2015 (co-autoria)
  • "Comentário ao Acórdão T-541/11, de 26 de Junho de 2014 do Tribunal Geral da União Europeia (Sexta Câmara) – Crónica de Jurisprudência", in Propriedades Intelectuais, n.º 2, Novembro 2014, Universidade Católica Editora
  • "A chamada tentativa inidónea por inaptidão do sujeito no contexto global do problema da tentativa em direito de penal", Almedina, Coimbra, 2014
  • "The “In-House Lawyer” and the Statute of the Bar of Association", in Company Lawyers: Independent by Design – an ECLA White Paper, co-editado por Lexis Nexis, ECLA – European Company Lawyers Association e EDHEC Business School – Centre de Recherche LegalEdhee, 2014 (co-autoria)
  • "O incumprimento e a questão da resolução do contrato administrativo: notas, comentários e problematização de algumas questões", in revista jurídica online Advocatus, no dia 1 de abril de 2013
  • "O nexo de causalidade e o problema da causa virtual à luz do actual código civil português", in Boletim da Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra, vol. 87, 2011, Coimbra
  • "Poderá a “reparação penal” ter lugar como autónoma reacção criminal?", in Revista Portuguesa de Ciência Criminal, nº 4, 2011, Coimbra

Inscrita na Ordem dos Advogados Portugueses.

Vogal da Direção Regional de Lisboa da Associação Nacional de Jovens Advogados Portugueses.

Membro da Fair Trials International – Legal Experts Advisory Panel.

Membro do Fórum Penal – Associação de Advogados Penalistas.

Inglês, Espanhol.

Atenção, o seu browser está desactualizado.
Para ter uma boa experiência de navegação recomendamos que utilize uma versão actualizada do Chrome, Firefox, Safari, Opera ou Internet Explorer.